Notícias Ubatuba Times | Série Atletas de Ubatuba - Filipe Toledo
Série Atletas de Ubatuba - Filipe Toledo
Por: Renato Montanari
terça, 10 de janeiro de 2017
0

      
  


Nascido em 16 de abril de 1995, Filipe Toledo é o segundo filho de Mari e Ricardo Toledo. Veio ao mundo justamente no ano em que seu pai garantiria mais uma vez o título de melhor surfista profissional do País, talvez um presságio do que viria pela frente.

Natural de Ubatuba, cidade no litoral norte de São Paulo e batizada de capital do surf, a escolha de Filipe em viver nas ondas foi natural, quase como aprender a andar, dada a forte ligação da família Toledo, a “Surf Family”, com o esporte.

O patriarca, Ricardo Toledo, foi três vezes campeão brasileiro de surf (1985, 1991 e 1995 – os dois últimos pela Abrasp). Matheus, o irmão mais velho, também trilhou um caminho de muitas conquistas como amador e foi campeão paulista profissional em 2010, sendo também grande inspiração para Filipe durante a sua infância. Davi, o caçula, assim como os irmãos, foi campeão paulista na categoria petit e Sofia também já se aventurou em alguns campeonatos.

Mas foi Filipe que tornou os “Toledo” conhecidos mundialmente com sua rápida, contundente e radical ascensão no surf. O caminho para chegar ao World Championship Tour, o CT, e figurar entre os melhores do Mundo foi recheado de importantes conquistas: campeão em todas as categorias que disputou como amador; campeão mundial no ISA Games sub 16; campeão pro júnior do US Open, na Califórnia.

Aos 16 anos se profissionalizou e já no ano seguinte participou de algumas etapas do QS (World Qualifying Series), suficientes para credenciar Filipe como o surfista mais jovem a conquistar uma vaga na tão sonhada elite do surf. “WCT 2013... Obrigado Senhor!!! Só tenho a te agradecer!! haaaaaaaa MUITO FELIZ!!! Que vibe!!!”, comemorou na ocasião.

Desde 2013 participa do CT e, desde então, vem ‘assombrando’ o surf com suas manobras radicais, estilo arrojado de competir e jeito tranquilo de levar a vida. Em 2015 teve seu melhor desempenho no Tour até o momento, vencendo três etapas (Gold Coast/Austrália, Rio de Janeiro/ Brasil, e Peniche/Portugal). 
Disputou o título até a etapa final, em Pipeline/Havaí, sendo o quarto melhor do mundo. Desempenho que lhe garantiu agora no início de 2016 o prêmio Breaktrough performer, na WSL Awards, na Austrália, como o surfista “revelação”, de melhor performance.

 
Filipe é apontado como um dos competidores que está ajudando a escrever esse novo momento do surf, com profissionalismo e muita qualidade técnica.

Fonte: www.filipetoledo77.com


Fotos
  • http://ubatubatimes.com.br/uploads/imagens/2017/01/319-8c577da454ab4e51e19cea5fd216d1ee.jpg
  • http://ubatubatimes.com.br/uploads/imagens/2017/01/319-b200d62bb58801076ce9d729958bf211.jpg
  • http://ubatubatimes.com.br/uploads/imagens/2017/01/319-b226815960cd2674e5fe87deb73a69de.jpg
  • http://ubatubatimes.com.br/uploads/imagens/2017/01/319-a4de67fb259a3cbef6baabebdda3bed2.jpg
  • http://ubatubatimes.com.br/uploads/imagens/2017/01/319-c762aff7ff95aa4cef3f2c0a78ca8ff2.jpg

Renato Montanari

Formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas atua como consultor Web desde 2004. Especialista em programação de sistemas web, Responsive Design e um aventureiro em Artes Gráficas. Colunista do Portal Ubatuba...